Fechar menu celular


BLOG

O Efeito Google na Publicidade

O Efeito Google na Publicidade

Os maiores anunciantes do país estão preocupados com possíveis mudanças de regras nas políticas de propaganda digital

O mercado publicitário brasileiro vive dias agitados. Isso porque os maiores anunciantes do país estão preocupados com possíveis mudanças de regras nas políticas de propaganda digital. Com razão. Na segunda-feira, o Google recebeu multa de 50 milhões de euros na França, o equivalente a R$ 215 milhões, por “falta de transparência, informação incorreta e ausência de consentimento válido na publicidade personalizada.” A punição, que poderá se estender para as empresas anunciantes, foi dada com base nas diretrizes fixadas pela nova lei de privacidade da Europa, o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDP R). O tema também está prestes a ser debatido no Brasil. Em fevereiro próximo, entrar á em vigor no país uma regulação parecida. Trata-se da Lei Geral de Proteção de Dados Brasileira, com sanções, como multas de 2% do faturamento da empresa, limitada a R$ 50 milhões por infração.

TVs 1: Inovação tecnológica aquece vendas

O crescimento de vendas das smart TVs no Brasil e no mundo é um caso clássico de erro de previsão dos especialistas. Pouco tempo atrás, muitos deles afirmaram que a indústria da TV sofreria revés com a concorrência de computadores, tablets e smartphones. O que se viu foi o oposto. Desde 2016, o segmento acelera sem parar e a previsão é de que as vendas aumentem pelo menos 7% ao ano até 2023. Isso se deve a um motivo especial: inovação tecnológica.

TVs 2: Samsung aposta nos modelos 8K

As smart TVs revolucionaram o setor e já respondem por 80% das vendas. Agora, a aposta da indústria é a tecnologia 8k, que oferece melhor resolução de imagens. A Samsung, líder do mercado brasileiro há 13 anos, vai lançar os primeiros modelos no país em abril, nas versões acima de 65 polegadas. A boa notícia é que todos televisores 8k terão fabricação local, na unidade de Manaus. LG e Sony também têm modelos 8k, mas não informam quando eles chegarão ao Brasil.

O negócio é compartilhar

O mercado hoteleiro está aquecido. Prova disso é a Venture Capital Investimentos, especializada em residências compartilhadas, que recebeu nesta semana aporte de R$ 327 milhões do fundo asiático KradensCapital Management (KCM), sediado em Singapura. A empresa é responsável pela incorporação dos projetos Hard Rock Hotel no Brasil. Avaliada em mais de R$ 1,2 bilhão, a VCI foi a primeira empresa a trazer ao país o conceito de propriedade compartilhada atrelado a uma rede internacional.

Fonte: EM economia

EM QUE PODEMOS AJUDAR?

Se tiver alguma dúvida fique a vontade em perguntar, estamos aqui para servir.

Icone WhatsAp Celular WHATSAPP
(47) 9 9919 8263